Solicite informações ou consulta

Dia dos Avós- um neto a nossa maior riqueza

Dia dos Avós

No dia 26 de julho assinala-se o Dia dos Avós. Para os avós os netos são a sua maior riqueza. É uma possibilidade de voltar a ter contacto com bebés e crianças. No entanto, numa fase de vida muito mais tranquila, e inclusivamente em alguns casos com uma maior disponibilidade. Nascidos de uma gravidez espontânea ou com ajuda das técnicas de procriação medicamente assistida, para os Avós isso pouco importa. O que querem é mesmo gozar o crescimento dos seus netos, passar tempo com eles e contar-lhe histórias do antigamente.

Hoje os avós já não são bem iguais aos de antigamente!  No imaginário guardamos uma imagem dos avós, que não corresponde bem à atual! Mas o amor a carinho para com os netos não muda. Sentados numa cadeirinha de baloiço a fazer tricot ou sentados num sofá com um tablet na mão, são visões diferentes dos avós, cada uma de sua época, mas ambas transbordam amor.

Dia dos Avós – testemunhos avós IVI

E como na verdade já nem a forma de conceber é igual, pois hoje as técnicas de procriação medicamente assistida permitem a quem não consegue ter filhos de forma espontânea, tê-los com a ajuda de um laboratório. Fomos conhecer um casal de avós IVI. Fomos tentar perceber a forma como lidaram com o tratamento dos filhos, o que pensam sobre as técnicas de PMA e saber como é serem avós.

Luísa e José M., Avós IVI 

Quando o nosso filho nos contou que estavam a tentar engravidar, fiquei feliz. Sempre quis ser Mãe, e também sempre quis ser Avó. Inevitavelmente gera-se alguma ansiedade. Pois se dizem que estão a tentar, também temos a expetativa que chegue rápido. Isso não aconteceu e algo que poderia ser mágico, começou a ser vivido com algum nervosismo. 

Quando percebemos que a gravidez não chegava, tememos vir a não ser avós. Em casa falávamos os dois sobre isso, mas evitávamos comentar em família. Pois mais do que nós, eles teriam que estar a sofrer. Num almoço em família partiu dos nossos filhos a partilha que tinham procurado ajuda. Nós pouco ou nada sabíamos de tratamentos de fertilidade. No entanto, explicaram que já estavam a meio do processo e que iriam fazer a fertilização in vitro em breve. 

A primeira tentativa falhou, e vivemos com muita tristeza a notícia. Na clínica propuseram-lhes fazer consultas de acompanhamento psicológico. Foi bom para eles pois a psicóloga dava estratégias para lidar com os momentos mais difíceis. Partiram para uma segunda tentativa e foi um sucesso. 9 meses depois tivemos a maior alegria da nossa família. O pequeno Tomás, foi o neto mais desejado do mundo. Um neto é a nossa maior riqueza.    

Desejamos a todos os Avós, um feliz dia. E deixamos uma palavra de coragem para aqueles que aguardam ansiosamente o dia em que vão ser avós. Muita força! Quando chega é mágico.

 

Compartilhar Facebook Twitter Google +