Inseminação Artificial (IA)

 O objetivo da inseminação artificial (IA) é respeitar ao máximo o ambiente natural dos gâmetas, propiciando assim a fecundação. Esta técnica consiste na colocação de uma amostra de sémen, previamente preparada em laboratório, no interior do útero da mulher com a finalidade de aumentar o potencial dos espermatozoides e as possibilidades de fecundação do óvulo.

Inseminação Artificial (IA)

A inseminação artificial é um tratamento de medicina da reprodução de baixa complexidade. Consiste em introduzir uma amostra de sémen, seja do parceiro ou de um dador, no útero da mulher.
Com este procedimento a probabilidade de gravidez é maior do que através de uma relação sexual, por vários motivos:

  • a amostra de sémen é processada em laboratório: para selecionar unicamente os espermatozoides móveis capazes de fecundar o óvulo;
  • existe um processo de estimulação ovárica, que procura o desenvolvimento de vários folículos usando um regime de estimulação com gonadotrofinas; desta forma, controla-se o crescimento e amadurecimento dos folículos, o que aumenta a probabilidade de gravidez;
  • a amostra é introduzida no útero aproximadamente no momento em que o ovário liberta um dos óvulos para ser fecundado;
  • o procedimento é programado: para que ocorra no momento ideal de crescimento e maturação dos óvulos.

É indicada para que casos?

A inseminação artificial pode realizar-se com uma amostra de sémen do parceiro (IAH) ou de um dador (IAD) e é indicada para os seguintes casos:

A Inseminação Artificial passo a passo

Estimulação ovárica
1º PASSO

Estimulação ovárica

Com o início do tratamento - que é definido pelo ciclo menstrual da mulher - começa a estimulação ovárica, que tem uma duração estimada de 10-12 dias. Esta estimulação aumenta a possibilidade de sucesso, já que a mulher, de forma natural, apenas produz um óvulo em cada ciclo menstrual enquanto que, desta forma, é assegurada a produção de um ou dois óvulos.

 Preparação / Controlo folicular
2º PASSO

Preparação / Controlo folicular

O médico especialista faz um seguimento exaustivo da estimulação mediante ecografias (3 ou 4) e análises de sangue. Assim que os folículos alcancem o número e tamanho adequados, deve-se administrar uma dose da hormona hCG para induzir a ovulação e, 36 horas depois, programa-se a inseminação artificial.

Preparação da amostra de sémen
3º PASSO

Preparação da amostra de sémen

No dia da inseminação, no laboratório de Andrologia da sua Clínica IVI, é preparada a amostra de esperma para otimizar a sua qualidade e assim aumentar a probabilidade de fecundação. Se se utilizar o sémen do parceiro, o homem deve entregar a amostra no laboratório umas 2 horas antes do tratamento.
Esta preparação permite aos nossos andrologistas selecionar e concentrar os espermatozoides de maior mobilidade, descartando os mortos, imóveis ou que se movam lentamente.

 Inseminação
4º PASSO

Inseminação

A inseminação artificial realiza-se em consulta, sem sedação e sem necessidade de passar por uma sala de operações. Depois de se colocar um espéculo, introduz-se a amostra de sémen através de uma cânula até ao interior do útero.
Após este processo, e depois de descansar por uns minutos, os nossos especialistas informam qual a melhor altura para se realizar o teste de gravidez através de análise sanguínea, que deverá ser 14-15 dias depois da inseminação. Os especialistas do IVI recomendam fazer a vida normal durante esse tempo de espera, evitando apenas as atividades de alta intensidade.

Beta espera/ Seguimento gestacional
5º PASSO

Beta espera/ Seguimento gestacional

Se o resultado for positivo, 20 dias depois realiza-se uma ecografia de controle que confirmará o saco embrionário. Uma vez obtida a alta, pode continuar o seguimento da gravidez com o seu ginecologista habitual.

Porquê o IVI?

badge

Experiência

No IVI contamos com 30 anos a oferecer as melhores técnicas de reprodução assistida

handshake

Portal do Paciente

Terá acesso a um serviço “online” completo durante todo o processo

microscope

Investigação

Investimos na investigação para que ser mãe custe menos


Solicite informações sem compromisso

Também pode ligar gratuitamente para o 800 780 340
Descripció imatge

Perguntas frequentes

Homens com qualidade seminal inadequada ou diminuída.

É um procedimento pouco invasivo e doloroso; as dores podem ser semelhantes às da realização de uma citologia. Depois podem haver algumas cólicas mínimas, mas muitas vezes o que se sente está mais relacionado com a ovulação do que com a própria inseminação.

O número depende das características de cada mulher ou parceiro. O número máximo geralmente é quatro inseminações artificiais, mas em alguns casos recomendamos a passar para um tratamento FIV com um número menor de ciclos falhados.

Uma vez que se deposita o sémen no útero, este não pode sair. No entanto, pode haver um aumento da humidade após o procedimento devido ao cateter utilizado soltar o muco no colo do útero e permitir que ele flua para fora.

 

A presença de 2-3 folículos potenciam uma maior probabilidade de gravidez, enquanto que um número maior simplesmente aumenta o risco de serem múltiplos.

 Encontre a sua Clínica

Encontre a sua Clínica

Solicite a sua primeira consulta

Voltar ao topoarrow_drop_up