Setembro 23, 2016

Inseminação Artificial passo a passo

fecundação

Inseminação Artificial é um tratamento de procriação medicamente assistida recomendado a mulheres jovens em casos leves de infertilidade masculina. Brevemente, quando a lei estiver regulamentada, este tratamento também pode ser opção para as mulheres sem parceiro masculino.

Consulta:

Em primeiro lugar, e comum a todos os tratamentos, na consulta é avaliado o que terá que ser feito para se conseguir engravidar. Posteriormente, o médico com base na história clínica do casal e na avaliação dos exames de diagnóstico decide qual o tratamento indicado.
Em determinados casos a dificuldade de gravidez por ser solucionada de forma simples. O que é importante é não esperar mais de um ano para procurar um especialista.

A infertilidade é uma questão do casal, ambos devem participar nas consultas e realizar os exames. Durante a consulta examinam-se as pacientes, antecedentes familiares, índice de massas corporal, reserva ovárica e qualidade do espermatozoides, etc.
Por fim, são pedidos vários exames. O tempo entre marcação, realização e resultados dos exames costuma levar um mês, é o tempo médio para os nossos pacientes voltarem à consulta. Se tiverem indicação para Inseminação Artificial, seguirão os seguintes passos:

Início do tratamento

Inseminação Artifical

1. Estimulação ovárica (10 a 12 dias)

 

Este procedimento é necessário para aumentar as possibilidades de sucesso do tratamento. Isto porque de forma natural uma mulher só produz um folículo em cada ciclo menstrual. Controlar a estimulação no caso da Inseminação Artificial é muito importante. Essencialmente para evitar produzir muitos óvulos e evitar o risco de engravidar de gémeos. Daí a importância de nunca tomar medicação para estimular a ovulação sem supervisão médica.
Durante o período de estimulação são realizadas ecografias para avaliar o crescimento e evolução dos folículos. Além disso, quando necessário, é analisado o estradiol no sangue.

2. Indução da ovulação

Quando na ecografia se avalia que os folículos alcançaram o tamanho adequado a inseminação é programada para  24 horas depois da administração de uma injeção de hCG que induz a maturação ovárica e a ovulação.

3. Preparação dos espermatozoides

Aproximadamente 2 horas antes da Inseminação Artificial programa-se a recolha de sémen e os espermatozoides são preparados em laboratório. O objetivo é melhorar e aumentar o potencial de fecundação ao serem introduzidos no útero materno.
No futuro, no caso das mulheres sem parceiro masculino, será feita previamente a seleção do dador em função das características físicas e grupo de sangue. E neste passo, será descongelada a amostra seminal.

4. Inseminação Artificial (14 a 16 dias)

Consiste na colocação de uma amostra de sémen, preparada previamente em laboratório, no interior do útero da mulher, numa determinada fase do ciclo menstrual. Neste momento o processo fica concluído e inicia-se a betaespera, ou seja, o tempo de espera para a confirmação da gravidez.

5. Beta hCG

Teste de Gravidez (7 a 10 dias)
Se o resultado do teste de gravidez for positivo, a paciente realiza posteriormente uma ecografia vaginal para visualizar o saco gestacional e repetir a análise de sangue.

6. Ecografia

A primeira ecografia da gravidez!
Posto isto, Se tiver mais alguma dúvida sobre Inseminação Artificial diga-nos.

Solicite a sua primeira consulta:

4 comentários

  • MM says:

    Para quando se prevê que a nova lei esteja regulamentada, para que mulheres sem parceiro possam aceder a este tratamento?
    Obrigada!

  • Regiane Patricia França says:

    Olá! Eu sou lacqueada a 19 anos casei novamente e gostaria muitode dar um bebê para meu marido ele nunca foi pai estamos estudando para saber das possibilidades aguardando ansiosamente o contato de vocês

  • Marina says:

    O que uma mulher NÃO deve fazer após uma inseminação artificial intrauterina?

  • zaida says:

    eu ja engravidei 3 vezes,das quais a primeira vez estava ja com quase 4 meses e fui obrigada a abortar,depois disso engravidei por mais duas vezes e sofri aborto espontaneo,gostaria de saber se tenho possibilidade de ser mae sem ter nenhum parceiro? neste caso,precisando de um doador so pra eu ser mae.espero que me ajudem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up