Fevereiro 17, 2017

IVI expande operações para os Estados Unidos da América e consolida-se como líder mundial em medicina reprodutiva

IVI

O IVI anunciou a sua expansão para os Estados Unidos da América em parceira com a RMANJ (Reprodutive Medicine Associates of New Jersey). Através desta fusão a nova empresa denominada IVI-RMA Global consolida-se como líder mundial em medicina reprodutiva.

Dados sobre IVI-RMA Global

Despois de aproximadamente um ano de negociações, os presidentes do IVI, o Prof. José Remohí e o prof Antonio Pellicer, acompanhados pelos presidentes do RMANJ, o Paul A. Bergh, o Richard T.Scott e o Michael R. Drews, formalizam o contrato entre o IVI e a RMANJ. Com esta fusão, a IVI-RMA Global prevê uma faturação anual de 300 milhões de euros. Os acionistas do IVI mantêm uma participação maioritária no novo grupo, com aproximadamente, 70% do capital, e os restantes 30% são detidos pela RMNAJ.

Razões para a expansão

O Prof. Antonio Pellicer, presidente do IVI, recorda como foram os primeiros passos desta união: “Conheço o Dr. Scott há muitos anos, respeitamo-nos e admiramo-nos. Eu sempre disse que não pararia até chegar aos EUA e hoje finalmente podemos anunciá-lo. Era chave dar este passo em parceria com uma empresa como a RMANJ. Temos os mesmos valores e caminhamos numa direção idêntica, tanto no plano médico-científico como no plano empresarial. Esta fusão permite-nos aproveitar a combinação de forças e elementos diferenciadores de ambas as empresas para benefício dos nossos pacientes e trabalhadores”, explicou Pellicer.

Com dez clínicas nos EUA, o objetivo inicial do IVI-RMA Global consistirá em continuar e expansão no território norte-americano. Valores comuns como a inovação mais galardoada e reconhecida no plano internacional, o atendimento ao paciente sem precedentes, e as melhores taxas de sucesso e resultados confirmam a essência desta fusão.

Pela sua parte, o Prof. Remohí assegurou que “depois da fusão com a RMANJ consolidamo-nos como o maior grupo de medicina reprodutiva do mundo. Para nós, estarmos presentes nos Estados Unidos da América era um sonho e encontrámos o parceiro ideal. A RMANJ é um dos grupos de medicina reprodutiva mais prestigiado dos EUA. Esta união vai permitir reforçarmos o campo da investigação, pilar básico do IVI desde o seu início e que nos permitiu alcançar as elevadas taxas de sucesso que temos. Isto sempre foi algo que os nossos pacientes valorizaram no momento de escolher o IVI para fazer os seus tratamentos”.

Líder mundial em medicina reprodutiva

O objetivo de ambas as partes é continuar a ser uma referência no setor e continuar a crescer no âmbito da investigação e do conhecimento científico. A finalidade desta união é partilhar as melhores práticas e as últimas tecnologias de cada fase dos tratamentos oferecidos, sempre em benefício do paciente.

O Dr. Richard Scott afirmou que “como uma entidade única e global, não existem limites para o nosso compromisso em oferecer soluções de fertilidade que ofereçam as melhores possibilidades de sucesso no menor prazo possível. O ano passado, pacientes de mais de 30 estados dos Estados Unidos e de 40 países vieram às nossas clínicas para concretizar o seu desejo reprodutivo. Junto com o IVI, podemos entrar em novos mercados e levar esperança a todos esses pacientes que enfrentam a infertilidade”.

A fusão entre o IVI e a RMANJ foi realizada com assessoria legal da Garrigues Abogados (Espanha e EUA) / McDermott Will&Emery (EUA) e com assessoria financeira da Arcano Partners (Espanha) / Dresner partners (EUA).

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up