INDICAÇÕES

As pacientes devem recorrer à doação de sémen nos casos seguintes:

  • Quando o sémen do seu companheiro é muito patológico e obteve maus resultados na Fertilização in Vitro.
  • Na ausência de espermatozoides (azoospermia) tanto na ejaculação como na biopsia de testículo (procedimento ambulatório com anestesia local).
  • Quando o homem é portador de uma doença genética que não pode ser estudada nos embriões.
  • Quando o homem é portador de uma doença de transmissão sexual e não é possível eliminar o vírus do sémen.
  • Quando se detetam anomalias cromossómicas no sémen.
  • Quando o homem tem um grupo sanguíneo positivo (estado homozigoto) e a sua mulher negativo, para além de estar isoimunizada (produz anticorpos contra os glóbulos vermelhos do feto com grupo sanguíneo positivo).

EQUIPA MÉDICA

Graças a uma equipa de mais de 1000 profissionais dedicados ao seu tratamento, o IVI converteu-se numa das referências mundiais no campo da procriação medicamente assistida.

TECNOLOGIA

O IVI é pioneiro em tecnologia de procriação medicamente assistida para oferecer os melhores resultados.

ATENDIMENTO

97 % dos nossos pacientes recomenda o IVI. O IVI oferece atendimento personalizado e acompanhamento em todas as fases do tratamento.

QUALIDADE/PREÇO

Não somos a opção mais cara. Somos a que mais alternativas de tratamento oferece para conseguir resultados.

RESULTADOS

Vitrificação de ovócitos

No IVI, graças à ajuda anónima e desinteressada de um dador, muitas mulheres sem companheiro masculino e pacientes onde o sémen do homem apresenta anomalias de diferente índole sem solução, têm a possibilidade de realizar o sonho de serem pais.

O dador

Doação de sémen

Estas amostras de sémen foram submetidas a uma quarentena, graças à qual se controla o risco de que possam transmitir doenças sexualmente transmissíveis, e realiza-se aos dadores, para além disso, uma série de testes genéticos e anamnese (historial médico) relativamente a ele e à sua família, para prevenir o risco de transmissão de doenças genéticas à descendência.

PROCEDIMIENTO

As amostras de sémen são armazenadas através de congelação em bancos e mantêm-se durante um período de quarentena de 6 meses, graças ao qual se controla o risco de poderem transmitir doenças. Após esse tempo, repetem-se os testes para garantir que o dador não está numa fase inicial de alguma infeção.

A seleção dos dadores de sémen está regulada por Lei e inclui homens maiores de 18 anos com um bom estado de saúde físico e mental, com um estudo de doenças infeciosas negativo, cariótipo normal e, para além disso, testes genéticos e anamneses (historial médico) relativamente a ele e à sua família, para prevenir o risco de transmissão de doenças genéticas à descendência.

Por último, nas clínicas IVI, uma vez comprovada a ausência de infeções e a adequada tolerância do sémen à congelação conservando a sua qualidade, libertam-se as amostra para uso em tratamentos de fertilidade , quer seja uma inseminação intrauterina, uma FIV ou uma doação de ovócitos.

O QUE DEVEM FACULTAR OS PACIENTES QUE DESEJAM SER RECETORES DE SÉMEN DE DADOR?

  • Historial médico e ginecológico prévio.
  • Relatório de tratamentos anteriores noutros centros.
  • Serologias atualizadas de hepatite B e C, sífilis e sida de ambos.
  • Grupos sanguíneos e Rh de ambos os cônjuges.
  • Preencher e assinar o pedido e consentimento informado para realizar o tratamento de reprodução assistida requerido com sémen de dador. Neste, as características dos pacientes, que constarão nele, ajudarão o laboratório a escolher o dador mais adequado.

Solicite a sua primeira consulta