A espécie humana não tem um alto poder reprodutivo, fala-se de 25 % de possibilidade de gravidez na relação sexual mantida durante a ovulação de uma mulher. Aproximadamente 1 em cada 6 casais em idade fértil será afetado pela esterilidade. Estas percentagens dizem respeito a mulheres menores de 35 anos; a partir dessa idade o potencial reprodutivo diminui e, depois dos 40 anos, a possibilidade de gravidez por mês é inferior a 10 %.

Testes para saber se um membro do casal ou ambos não são férteis.

Os testes para determinar a infertilidade incluem um historial clínico e um exame físico completos de ambos os membros do casal. No caso concreto da mulher, os testes básicos são o estudo hormonal basal, a ecografia e a histerossalpingografia, apesar de o leque poder ampliar-se em função da paciente. Para completar o diagnóstico será necessário avaliar também, no caso do homem, a qualidade do esperma através de um espermograma.

Qual é a diferença entre esterilidade e infertilidade?

A esterilidade é a incapacidade de um indivíduo ou de um casal conceber, enquanto a infertilidade impede que um casal, que consegue uma gestação, leve a gravidez até ao fim com um recém-nascido saudável.

Constata-se atualmente uma diminuição da fertilidade?

A fertilidade masculina agravou-se por uma diminuição do número de espermatozoides e da sua mobilidade. Também são frequentes os casos de mulheres adultas que decidem procurar a maternidade em idades avançadas, tentando uma gravidez espontânea quando a sua fertilidade diminuiu. São habituais os casos de homens que, ao terem realizado uma vasectomia, ao mudar de parceira, desejam voltar a ser férteis.

Como pode saber quais são os seus dias de ovulação?

A ovulação ou o período fértil da mulher dá-se a meio de cada ciclo, por volta do décimo-quarto dia num suposto ciclo de 28 dias. Está comprovado que 24 horas depois da ovulação a temperatura basal sofre um aumento de 4 a 6 décimas. Este sintoma constitui a base do método de controlo que permite saber quais os dias em que ovula.

Qual é a frequência com que se devem manter relações sexuais para conseguir uma gravidez?

Depois de o óvulo abandonar o ovário, sobrevive cerca de 48 horas, e é só durante este tempo que pode ser fecundado pelos espermatozoides, cujo poder de fecundação tem uma duração máxima de 72 horas. De qualquer forma, é melhor não ficar obcecada com o controlo da ovulação, pois a ansiedade por uma gestação é contraproducente para a mesma, podendo inclusivamente chegar a prejudicar o relacionamento do casal. No entanto, a probabilidade de gravidez espontânea após um ano de tentativa diminui muito mesmo com a programação das relações sexuais.

O que é uma clínica de procriação medicamente assistida?

É um centro médico especializado em métodos de diagnóstico e em técnicas de reprodução, que possui pessoal específico altamente preparado, bem como as mais modernas tecnologias.

Qual o limite de idade para que os homens e as mulheres possam ter filhos?

Não existe uma idade legal limite que impeça um casal de tentar ter um bebé. Depende muito da situação de cada casal, da sua saúde e do seu estado físico, bem como de outras coisas. No caso da mulher, os 40 anos seriam um limite razoável, a partir do qual se desaconselha qualquer tratamento de fertilidade.

A infertilidade do pai ou da mãe transmitir-se-á ao bebé?

Os bebés nascidos por procriação medicamente assistida são como as outras crianças e não têm mais problemas de saúde.

Que diferença existe entre uma infertilidade primária e uma infertilidade secundária?

Fala-se de causas de infertilidade primária quando o casal engravida espontaneamente em duas ou mais ocasiões, mas existe uma impossibilidade de levar esta gravidez até ao fim.

TEM DÚVIDAS?

Solicite mais informações